4 de novembro de 2009

Sobre o pânico de estar passageiro

O Renato sai sempre da garagem de ré e relativamente rápido. E eu fico agoniada de ser passageiro...

EU:
Amor, vai devagar.

ELE:
Eu não acredito, linda! Nem sai da garagem e você já está me mandando andar devagar?

EU:
Ué, já estou avisando antes! Pra você ter cuidado!

ELE:
Eu sempre tenho cuidado!

JÁ NA RUA.... (A EXATOS 12 METROS DA SAÍDA DA GARAGEM)

EU:
Amor, olha a lombada!

ELE:
Ah,esse morrinho pintado de preto e amarelo pintado no chão é uma lombada?? Que bom que você avisou!!

EU:
Olha ela, não vem não, Renato, você não tinha visto!!!...

ELE:
Como é que você sabe que eu não vi se eu estou há, pelo menos, 15 metros da lombada?! Você não quer dirigir, amor?

EU:
Não, obrigada.

ALGUNS METROS MAIS TARDE

EU (segurando na porta e meio tensa):
Olha o caarro! Putz, mor!!!

(ALIÁS POR QUE SEMPRE SEGURAMOS A PORTA OU O VIDRO?)

ELE:
Tatiana, você é louca? Quer me matar de susto?

EU:
Desculpa amor, mas eu APOSTO que você não tinha visto aquele carro!

ELE
: Claro que eu vi, Tatiana. Mas você há de convir comigo que o carro passou longe né! Você tem certeza que não quer dirigir?

EU: Tenho!

E ELE ACENDE UM CIGARRO.

EU:
Você pode trocar o cigarro de mão?

ELE: Você está de brincadeira comigo, né?

EU: É porque você acaba me queimando, uma hora dessas. Esse cigarro sempre vem na direção da minha mão quando resolvo trocar de estação com a minha mão esquerda!

ELE: Sabe porque isso acontece? Porque você não pára com esta rádio um segundo. A gente não consegue ouvir nenhuma música inteira, percebe, amor?

EU: Eu paro, mas você troca o cigarro de mão?

ELE: Tá bom. Estou perdendo o controle da direção do carro, não controlo o rádio desde que vivo com você e ainda estou perdendo o direito CONSTITUCIONAL de fumar com a mão direita. Você não acha demais isso?

EU: Aff Renato, como você é rude! Só estou comentando. O que custa você prestar mais atenção nisso tudo???

ELE: Não custa nada. Mas a partir de hoje quem dirige é sempre você. Tá avisada.

EU: Tá tô avisada. Mas só se você prometer que não fica dando pitaco enquanto eu dirijo! eheh

4 comentários:

Dudu disse...

hauhauhauhua
eu odeio copiloto enquanto dirijo!
mas dou pitaco em todo mundo... hahahaha
bjo!

Mauro Castro disse...

Passando para por a leitura em dia, Tati. Nada como um sábado chuvoso...
Há braços!!

Tia Rose disse...

Não tem como não rir...você é ótima.
Tia Rose

Suuu disse...

HAHAHAHAHAHAHA...

COMÉDIA!!!

 
BlogBlogs.Com.Br